Becoming – Michelle Obama (07/2021)

becomingAutobiografia da ex-primeira-dama dos EUA, Michelle Obama. Apesar de ter saído antes, o livro é um complemento – e de certa forma um contraponto – ao livro do marido, A Promised Land, lançado ao final de 2020.

A primeira parte do livro conta a história de Michelle vivendo como uma menina negra de classe média baixa de um subúrbio de Chicago. Segundo ela, sua família se distinguia das demais famílias locais por dois motivos: decidiram continuar no bairro, mesmo com este se deteriorando ao invés de abandonarem na primeira oportunidade, como fizeram diversas outras famílias; e a crença que seus pais tinham de que a educação era a única oportunidade de mobilidade social para seus filhos. Tanto que os dois filhos do casal (Michelle e seu irmão, Craig), foram admitidos em Princeton, uma das mais conceituadas e disputadas universidades norte-americanas.

A segunda parte do livro conta justamente os anos de Princeton e, mais tarde Harvard, onde ela cursou, assim como Obama cursaria, a Law School. Nos EUA, o direito é quase como uma especialização: você cursa primeiro o bacharelado e após concluir este é que ingressa na “escola de leis” (existem outras formações, como a medicina, que funcionam da mesma forma).

Nestas duas primeiras partes Michelle conta como sempre foi determinada em ser a melhor no que se dispusesse a fazer, com um espírito muito competitivo. Mas ela reconhece que, se por um lado isto a ajudou a “subir na vida”, por outro, fez com que ela escolhesse uma carreira que não lhe trazia prazer. Além disto, ela também confessa que esta “gana” era mais para agradar os outros do que algo que lhe trouxesse satisfação. E em algumas vezes era apenas para “esfregar na cara” de alguém que duvidou que ela conseguiria. Raramente existia uma motivação intrínseca.

Após concluir a Law School, Michelle volta à Chicago e ingressa num famoso escritório de advocacia local. Infeliz no trabalho, sua vida dá uma guinada quando um “magrelo alto, com orelha de abano e que se movia como se estivesse dançando” (segundo descrição dela) ingressa como estagiário no escritório e ela é assinalada como sua mentora. Depois de alguma insistência, o tal estagiário consegue finalmente convencê-la a saírem para um encontro, o que viria a mudar totalmente sua vida.

A primeira mudança é que, motivada por Obama (o tal magrelo), ela resolve largar o escritório de advocacia e se envolver com trabalhos em que ela conseguia causar um impacto social, especialmente em comunidades de não-brancos. Especialmente para meninas. Ela conta que finalmente começou a fazer algo que dava prazer a ela mesma (apesar de render menos grana).

Outra “confidência” feita no livro é que ela nunca gostou de política (partidária) e, se fosse por ela o marido não teria seguido este caminho. Na seção dedicada as campanhas políticas do marido (explicada um pouco como funcionam no link acima, sobre o livro do Obama), ela conta o seu lado da história: apesar de não ser ela a candidata, ela teve que ter muito mais muito envolvimento na campanha, as vezes até mais que o próprio candidato.

Quando se torna então primeira-dama, ela decide que, de alguma forma, iria tentar deixar, na medida do possível, sua marca, não sendo apenas uma “figura decorativa”. Ela também conta do fardo que “o primeiro casal” tem que carregar: perda de privacidade, de tempo livre, de fazer coisas simples, como ir fazer compras no shopping, ou perder tempo com os filhos num parque. Tudo tem que ser planejado com antecedência, e sempre tem um séquito de agentes de segurança.

Para não contar ser alvo de ataques e mentiras, inclusive de correligionários do marido, o que ela deixa transparecer como sendo um dos principais incômodos e mágoas que ela tem.

Livro bem interessante para entender um pouco mais de como funciona a complicada política norte-americana e ter um pouco mais de acesso aos bastidores da casa branca.

Be happy 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s