Botecando #49 – Tatu Bola Itaim – São Paulo – SP

20150228_174120

A decoração com fitas do Senhor do Bonfim

Atualmente eu não sou um frequentador muito assíduo do circuito Itaim/Vila Olímpia, apesar de já ter tido minhas épocas de Monte Cristo, Rey Castro e Dublin, mas faz tempo. Nos últimos anos tenho preferido a Vila Madalena, tanto por conta da distância quanto pelo tipo de público. Mas como os dois “bairros boêmios” de São Paulo estão se tornando bem parecidos nos últimos anos, normal que o público e casas tipo “Vila Madalena” também esteja se “infiltrando” no Itaim. E o Tatu Bola é uma casa que caberia bem na Vila, até aquela antiga e mais “roots”.

TatuBola2Situado em um belo imóvel, que tem ares de uma mercearia antiga, nas esquinas da Clodomiro Amazonas com a Joaquim Floriano, o que mais chama a atenção ao entrar na casa é a decoração com o teto repleto de fitinhas do Senhor do Bonfim que, apesar de deixar o ambiente um tanto escuro, dá um charme à casa. O local não é dos maiores, contando com algumas mesas e uma pequena pista, mas isto torna o ambiente mais aconchegante do que se fosse imenso e parecesse uma balada.

Os petiscos estavam muito bons (fritas e tábua de carne mista), apesar de eu achar as porções pequenas pelo valor cobrado. Apesar disto, dá para perceber que a casa se preocupa em utilizar produtos de qualidade nos alimentos que serve.

TatuBola 3A cerveja estava sempre bem gelada e a casa oferece algumas opções de cervejas importadas (todas do portfólio da Ambev, como Quilmes, Norteña e Franziskaner), mas o que me atraiu mesmo foram as caipirinhas. Além de terem algumas misturas interessantes (como a de cachaça com rapadura e dois tipos de limão, a minha predileta), elas são servidas em um “potinho”, como aqueles de maionese ou palmito. E também são muito bem feitas, equilibrando bem o spirit, as frutas e açucar.

O atendimento também é acima da média, com seguranças, caixas e garçons bastante simpáticos e prestativos.

Para não dizer que tudo estava muito bom, o grupo de samba não era dos melhores (dentro do samba, que fique bem claro). Eles até são bons músicos e tem um repertório interessante, misturando pagodinhos românticos recentes com alguns clássicos de samba, porém eles não tem aquela “pegada” de sambão mesmo, que a gente encontra em outras casas (como o Traço ou o Sem Saída). Mas novamente, não que sejam ruins e ai no caso é uma questão de gosto pessoal.

Mas é um lugar em que pretendo voltar para passar outra tarde de sábado agradável, comendo, bebendo e me divertindo com os amigos.

Onde: Tatu Bola Itaim (Rua Clodomiro Amazonas, 202 – São Paulo – SP)
Quando: 28/02/2015
Bom: decoração, petiscos e as caipirinhas
Ruim: a grupo de samba não é dos melhores (mas também não são ruins)
Site: www.tatubolabar.com.br

Uma ideia sobre “Botecando #49 – Tatu Bola Itaim – São Paulo – SP

  1. Pingback: Botecando #55 – Bar Templo – São Paulo – SP | Botecoterapia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s