Botecando #31 – Grazie a Dio – São Paulo – SP

20140927_005715

O Grazie a Dio talvez seja uma das baladas que eu mais frequentei na vida. Na segunda metade da década passada eu praticamente batia cartão lá aos sábados. Às vezes ia aos domingos ou quintas também para curtir um samba rock.

Há uns três anos atrás a Jam Suburbana, com o sensacional Bocato, mandando clássicos da soul music, funk e motown, era obrigatória às segundas feiras. Porém fazia uns 2 ou 3 anos que não ia mais lá.

A sempre ótima Black Rio em ação!

A sempre ótima Black Rio em ação!

Quando vi durante o dia que a Banda Black Rio iria se apresentar não pensei duas vezes em matar as saudades da banda e da casa e prometi pra mim mesmo que iria de qualquer jeito, mesmo com chuva (que começou a cair à tarde), mesmo tendo que terminar um trabalho no final de semana e mesmo que a preguiça atacasse.

As mudanças no layout da casa, que tiraram um pouco da sensação de “aconchego” que a casa tinha, eu já tinha visto (ocorreu há uns quatro anos), o som continua com a ótima qualidade de sempre, tanto nas bandas quanto nos DJs, focando na música negra americana e brasileira, e onde se podem ouvir clássicos que dificilmente se ouvem até em programas de rádio do gênero. Foi através do Grazie a Dio que conheci muito som bom, inclusive a própria Black Rio e o Bocato.

Porém me deu um misto de tristeza e um pouco de nostalgia ao ver o pouco público presente. Antes do início do show da Black Rio, que estava agendado para a 1:00 da manhã mas começou apenas à 1:30 não tinham mais do que 70 pessoas no local, a maioria por conta de um aniversário. Só encheu um pouco mais porque o Pub Crawl finalizou lá e chegaram mais umas 40 pessoas. Ou seja, pouco mais de 100 pessoas.

Odoyá!

Odoyá!

E ai me bateu a tristeza: um lugar tão legal e com um som bom e apenas 100 pessoas para aproveitar uma balada legal, bons DJs e curtir uma ótima banda. Que desperdício! E a nostalgia me bateu ao lembrar como a casa ficava lotada, impossibilitando até a locomoção, há uns 6 ou 8 anos atrás, em shows da própria Black Rio.

Acho que aquela galera que lotava o Grazie a Dio aquele tempo deve ter envelhecido, deixou de curtir balada e o público acabou não se renovando. E ai fiquei mais triste ainda por que estou ficando velho….rsrsrs

P.S. Alguém poderia me informar se este painel dos Beatles é novo? Não me lembro de tê-lo visto antes, mas também não lembro o que tinha no lugar.

Onde: Grazie a Dio (Rua Girassol, 67 – Vila Madalena – SP)
Quando: 26/09/2014
Bom: ambiente e som!
Ruim: infelizmente tá meio caidaço de público
Site: http://www.grazieadio.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s