Botecando #30 – Gillan’s Inn – São Paulo – SP

Rush Project mandando um set concentrado na fase progressiva do Rush

Rush Project mandando um set concentrado na fase progressiva do Rush

O Gillan’s é um pub bem novo na cena paulistana e apesar disto, já está em seu segundo endereço. Ficava originalmente na Caio Prado, ali bem próximo à região do Baixo Augusta, mas recentemente mudou de endereço e agora ocupa um imóvel bem maior (com capacidade para até 700 pessoas), entre a Praça da República e a Amaral Gurgel. Apesar de agora estar em uma região que não é conhecida por ser uma região boêmia (quer dizer, existem por ali os “estabelecimentos de entretenimento para adultos”), o que faz com que ele quase passe desapercebido, o imóvel escolhido atende bem ao propósito da casa.

Como indica o nome, o pub tem várias referências a bandas inglesas, especialmente ao Deep Purple e ao seu vocalista mais conhecido, Ian Gillan. Um dos quadros, dos vários existentes, é um desenho do vocalista onde o artista não foi feliz e ficou parecendo um quadro da Samara, do filme “O Chamado”.

GillianO espaço é bem aproveitado, por ser um imóvel comprido e relativamente estreito (a proporção de comprimento X largura deve ser, no mínimo, de 3×1), sendo que em um dos lados existe o bar em sí e no outro um “minicamarote”, em um nível um pouco acima do piso principal. Dependendo da configuração, este piso principal pode estar com mesas ou totalmente vazio, criando uma pista para as pessoas acompanharem os shows em pé. Existe também um mezanino que não cheguei a conhecer (estava fechado).

Estive lá para a comemoração do aniversário da minha amiga Giu, a maior fã do Rush que eu conheço, e claro, a banda que estava se apresentando era o Rush Project, uma banda especializada no repertório do power trio canadense, que conta com músicos competentíssimos. Como um bom pub inglês, a casa foca suas atrações em Rock, Hard Rock e Blues.

Gillian 2Do preço eu nem vou falar mais nada porque parece que já virou padrão long necks de cervejas comuns por mais de R$ 10,00. A copa passou mas os preços para gringo, que ganham em Euro ou Dólar, vieram para ficar.

O atendimento, desde os seguranças, passando pela hostess, pelos os garçons e terminando pela caixa, foi simplesmente excepcional, com pessoas muito bem educadas e com prazer em atender. Talvez precisem ensinar o pessoal tirar a Guinness da torneira, já que eles não esperavam os dois minutos de decantação para depois completar e servir, o que deixa a cerveja gasosa, mas só o fato de encontrar Guinness on tap e curtir um bom rock and roll já vale a pena.

Onde: Gillan’s Inn (Rua Marquês de Itu, 284 – Centro – SP)
Quando: 22/08/2014
Bom: decoração, atendimento e Guinness on Tap!
Ruim: os garçons precisam aprender a tirar Guinness
Site: http://www.gillansinn.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s