Botecando #0

Bem vindos à Botecoterapia!

Já a algum tempo amigos me sugeriram criar um blog com reviews de bares que frequento ou cervejas que tomei, além de compartilhar algumas viagens que eu fiz. Eu sempre concordei com eles que isto era uma idéia interessante, porém a preguiça nunca havia me deixado colocar isto em prática, mas acho que chegou a hora de vencer a preguiça.

Uma outra razão pela qual eu estou criando este espaço é que, no mundo cada vez mais veloz e com menos tempo da internet e suas redes sociais, as vezes falta espaço para um texto mais longo e falta tempo para sentar e organizar as idéias.

Por que Botecoterapia?

Bem, como já dito anteriormente (e mais para frente entrarei em detalhes), eu sou um frequentador assíduo de bares e botecos e um apreciador de cerveja. Depois de horas e horas sentado em mesa de botecos, comecei a perceber (ou formular a teoria) que o boteco é o lugar mais democrático que existe, assim como a cerveja a bebida mais social.

Os eventos “tomar cerveja” e “ir ao boteco” são sempre motivados por algo além da bebida e do local em sí (uma comemoração, um bate papo com amigos que já não se vêm a muito tempo, assistir um jogo, fazer uma despedida, etc) e sempre carece de pessoas para acompanharem.

No boteco é onde as pessoas, devido talvez ao seu ambiente totalmente informal, deixam cair muros e armaduras e se mostram como elas realmente são. E isto não é um efeito somente da bebida, já que o mesmo efeito se dá em pessoas que não bebem.

É onde o amigo chama o outro para comemorar o nascimento de um novo filho ou chorar as mágoas de uma traição. É onde o garçom é chamado de patrão e chefe pelo rico, e onde ele chama o cliente de amigo.

É o lugar onde a discussão sobre a crise econômica mundial é interrompida pelo gol de placa ou de bico que acabou de passar na TV (e que todos querem ver no replay). Em segundos, o jogo já é passado e a discussão sobre a importância ou não da religião na vida humana toma lugar para, apenas cinco segundos após o aprofundamento desta discussão filosófica, passar a gostosa na calçada e tirar toda a importância de qualquer outro assunto.

É isto que pretendo neste blog: criar um espaço onde possam ser discutidos todo e qualquer assunto, sem seguir uma linha específica, e que seja sempre frequentado por amigos.

Para tentar manter isto vivo, tentarei publicar algum texto mais longo a cada 15 dias, pelo menos. Digo tentarei pois, à partir do momento em que algo torna obrigação, eu acabo perdendo o tesão inicial.

Enquanto isto pingarei algumas outras coisas, tais como vídeos, músicas, fotos, etc.

A intenção é falar sobre qualquer assunto que me interesse, então, como praticamente todo assunto me interessa, não faltarão temas.

Até +

P.S. Ainda estou entendendo como funciona este trem aqui, então muito provavelmente o layout ainda vá sofrer mudanças

2 ideias sobre “Botecando #0

  1. Pingback: Wanderlust #0 | Botecoterapia

  2. Pingback: Post #100!!! | Botecoterapia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s