Botecando #14 – Maevva

Maevva 1
E eu andava reclamando das Originais e Heinekens de 600ml a R$ 12,00 na Vila Madalena!

Pra começar eu nunca gostei de balada no Itaim / Vila Olímpia. Quer dizer, tem algumas coisas legais, tipo o Dublin e o Rey Castro. Se o Kia Ora não fosse tão lotado seria uma balada que eu frequentaria mais vezes. Mas tirando estas poucas, nunca foi um lugar que eu gostei de frequentar.

Primeiro começa pela distância: para quem mora na Zona Norte, é literalmente atravessar a cidade. Mas eu já peguei balada no ABC que é bem pior. O que me incomoda mesmo é a arrogância das casas e das pessoas. Para mim, o evento sair para a balada é apenas um momento de lazer, de diversão. Para 99% do pessoal que frequenta o Itaim, o intuito principal é se mostrar e ostentar.

Quando meus amigos marcaram um samba no Itaim eu já reclamei pra caramba. Tanto lugar legal pra curtir o samba com “gente como a gente” e querem fazer o que no Itaim? Ai, o lugar que tinham inicialmente marcardo estava vazio e resolveram ir pro Maevva. Estava no táxi quando ligaram e a primeira frase que eu soltei foi: “pra esta porra eu não vou!!!”.

Mas como em todo relacionamento, seja ele qual for (profissional, de amizade, amoroso), você acaba abrindo mão de algumas coisas, acabei indo.

Ok! O atendimento pelo menos foi muito bom e a casa também é bem aconchegante. Mas já começa errado no momento em que você não tem muita opção de cerveja e é obrigado a consumir apenas uma marca porque a casa tem acordo com a cervejaria. Ai o som também não é lá estas coisas: um grupo formado por playboys que resolveram que iriam tocar samba. Não têm a mínima ginga, a malandragem do samba. Mas tem grana para pagar os instrumentos, fazer aula e tocar nestes lugares.

Maevva 2

Valeu por rever os amigos, pois isto não tem preço!!!

O segundo grupo que tocou ainda era melhorzinho, mas nada que se compare à qualidade musical que se tem no Bar Brahma, Ó do Borogodó, Bar da Dona Diva, e outros redutos do Samba Paulistano.

Mas a surpresa maior veio na hora de pagar a conta. Não sou arrogante e nem esbanjador, porém, eu não costumo perguntar nos lugares a que frequento, quanto está para entrar, quanto é a cerveja. Grana em viagens, comida e bebida para mim são sempre bem gastas e, se eventualmente eu não tiver grana pra sair e precisar ficar “fazendo conta”, eu acho melhor nem sair. Mas também não gosto de ser feito de idiota. Então realmente foi uma surpresa quando, ao fechar a conta, saber que a Itaipava Premium (mesmo premium, não passa de uma Itaipava) custava R$ 10,50 a garrafa de 355mls!!!! Simplesmente um roubo.

Ou seja, fui em um lugar que não gosto, pra ouvir um som ruim, tomar uma cerveja ruim e ainda pagar caro. Pelo menos revi amigos e valeu muito a pena por isto. Só por isto.

Onde: Maevva (Rua Professor Atílio Innocenti, 376 – Itaim Bibi – SP)
Quando: 29/03/2014
Bom: atendimento
Ruim: todo o resto
Página: http://maevva.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s